quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Este não é propriamente um blog de intimidades, mas permitam-me que vos conte esta:
Estava eu a caminho da casa de banho, e como no 12º todos os momentos são ouro, pensei para mim “e se eu levasse o meu vício do desenho (bloco de desenho) para a casa de banho?! É de maneira que aproveito o tempo.” E lá fui eu: Peguei no meu bloco e na minha caixa de grafites e já agora, (porque não?), na máquina fotográfica (como diz o meu irmão “não vá às vezes fazer falta”).
Já na casa de banho quando ia começar a desenhar, para variar, a imaginação ficou do lado de lá da porta. Não queria desenhar à vista mas sim de memória… Nada me ocorreu. Até que de repente olhei para a máquina fotográfica e mais uma vez falei com os meus botões “já participei tantas vezes em stop motion’s de amigos, já os ajudei e já os vi tantas vezes a fazer. Porque não realizar uma sozinha?”. E pronto, mãos à obra. Olhei para a folha e desenhei o que saiu e fui fotografando. E aqui está o resultado. Uma primeira, miserável, pequena e mal amanhada stop motion. Mas repito: primeira!
E concluo então: Nestas ocasiões, nada melhor do que o orgulho para nos salvar!
video

3 comentários:

  1. Para primeiro video individual acho que esta interessante xD
    Confesso que eu também levo o diário gráfico para a casa de banho. Eu acho que é um habito saudável xD

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que fizeste e publicaste a "primeira, miserável, pequena e mal amanhada stop motion".

    O problema de muita gente é que não faz porque quer, logo à primeira, realizar uma obra prima, mas não se lembram que devem experimentar primeiro para saber como fazer.

    As primeiras experiências são, é claro, cheias de erros e outro tipo de carências, mas é através delas que se aprende.

    Se calhar alguém virá e dirá que se não tem qualidade não devia ser publicado. Eu próprio já utilizei esse comentário, mas também já te disse ou já vos disse, que enquanto estudantes têm o direito de errar e estão no sítio certo para o fazer, a escola.

    Devem no entanto aprender com os vossos erros e corrigi-los.

    Esse meu comentário, dirigiu-se e dirige-se a quem já é consagrado naquilo que faz e apresenta um trabalho de estudante, cheio de lacunas. A estes não devemos tolerar falhas graves.

    Já sabes, a próxima já terá que ser um pouco melhor.

    Bem,... podes sempre cortar o cabelo àquele moço da turma que tem umas guedelhas enormes e fotografar cada tesourada.

    Ele tem é que ficar muito quietinho e a máquina num tripé. Sempre podes pedir ajuda à prof de Oficina, pois ela já tem experiência a cortar cabelos e assim só terás que te preocupar com a tomada de imagens.
    ;-)

    ResponderEliminar
  3. LOL

    Gostei muito de saber que levas o "vício" para a casa de banho!... e ainda mais que o usas!!... para a frente é que é o caminho ;-)

    ResponderEliminar